Entrevista com o estagiário: saiba como é trabalhar na Honda

Conversamos com Brisa Borges, estagiária da área de RH da Honda. Veja o que ela disse sobre sua experiência na empresa

por Mariana Lourenço 6.578 views0

Brisa Borges

A Honda, maior fabricante de motocicletas do Brasil e uma das mais importantes do setor automotivo do mundo, abre o seu Programa de Estágio todo ano.

O Programa, que tem vagas nas cidades de Sumaré (SP), São Paulo (SP) e Recife (PE), oferece uma grade de treinamentos exclusiva aos estagiários, possibilidade de visita à fábrica de automóveis em Sumaré e o desenvolvimento de um projeto individual que será apresentado a uma banca avaliadora.

Para entender um pouco melhor como é fazer parte da Honda, conversamos com Brisa Borges, estagiária da área de RH da empresa.

 

  1. Nos conte um pouco sobre a sua trajetória acadêmica e profissional.

Ingressei no curso de Ciências Sociais no ano de 2012 na UNESP em Araraquara. Com a entrada na universidade e com o objetivo de vivenciar as experiências acadêmicas, pude me envolver em diversas atividades extracurriculares que me serviram de base para o desenvolvimento pessoal e profissional. Durante os quatro anos de faculdade pude fazer parte de diversos congressos, conferências, cursos de línguas, intercâmbio cultural, integrar núcleos de estudos, ser bolsista de iniciação científica e ter a oportunidade de realizar uma apresentação de pesquisa científica na Universidade de Lisboa, como consequência publiquei como co-autora o tema abordado no congresso internacional. Participei da empresa júnior da faculdade e também atuei como membro da AIESEC. Após todas estas experiências, pude conquistar ainda mais confiança para os processos seletivos do mercado de trabalho, porque identifiquei que eu havia experiências relevantes e confiança para almejar colocações fora dos muros da universidade. Desta forma, decidi me candidatar ao processo seletivo da Honda, onde hoje estou experimentando novas experiências e aprendendo cada dia mais.

 

  1. O que mais te atraiu na oportunidade do Programa de Estágio Honda?

Além da marca Honda ser internacionalmente conhecida e respeitada, com produtos de alta qualidade, o que me chamou atenção foi o propósito do programa, que tem etapas bem estruturadas e o objetivo de desenvolver o jovem que inicia no mercado de trabalho. A Honda me transmitiu muita segurança e compreensão no momento de mudanças que eu estava vivenciando, permitiu que eu trouxesse inovação e novas ideias ao longo das etapas, fui atraída pelos desafios da empresa e pela sólida cultura japonesa.

 

  1. Como você se preparou para o processo seletivo?

Foi uma preparação intensa, meu objetivo estava voltado à aprovação no processo, era algo que queria mais do que qualquer coisa no momento. Estudei bastante sobre a empresa, missão, visão, valores, sustentabilidade, impacto no mercado brasileiro e internacional, conversei com colaboradores que trabalhavam na empresa e visitei concessionárias da Honda para um contato mais próximo com a filosofia e o seu dia a dia. Durante o processo seletivo, me certifiquei de estar antenada em tudo o que dizia respeito à empresa e em cada etapa que pude concluir fui assimilando o jeito de ser Honda.

 

  1. Você faz parte da área de RH. Qual o contexto da área e o seu papel no dia a dia?

Atuo no departamento de recursos humanos, mais especificamente na consultoria interna (Business Partner). Nossa área trabalha em parceria com as áreas especialistas de RH (Remuneração e Treinamento e Desenvolvimento). Como RH, quanto maior nosso conhecimento do negócio, melhor será nosso atendimento nos processos que somos responsáveis – Recrutamento e seleção, gestão de canais de atração, treinamentos, avaliação de desempenho, gestão de clima, engajamento, movimentação de pessoal, gestão de mudanças e carreira. Meu papel no dia a dia é auxiliar em todos estes processos, buscando sempre o desenvolvimento da área e a satisfação dos colaboradores.

 

  1. Você acha que o estágio na Honda te ajudou a crescer academicamente? Dê um exemplo.

Sem dúvida! Vivenciar os desafios de uma grande empresa no dia a dia é um aprendizado prático e essencial. Na universidade possuímos um acesso gigantesco a teorias, programas acadêmicos e extracurriculares, o que é de extrema importância. Porém, também acredito que estar em uma empresa, conhecer diferentes pessoas, processos e ferramentas foi um crescimento incalculável, pude levar para dentro da universidade as vivências do trabalho com foco mais definido, utilizando de exemplos mais palpáveis e realistas. Além disso, consegui gerenciar meu tempo de uma maneira mais assertiva, melhorando a minha divisão de afazeres com relação as provas e projetos da universidade.

Veja também:  Nem só de networking com o diretor se faz uma carreira

 

  1. Uma das características do Programa de Estágio é a participação de projetos e atividades na área. Conte sobre um projeto que você gostou de ter participado e qual foi o seu papel.

Um dos que eu mais gostei de realizar foi o projeto do programa de estágio, no qual tínhamos que escolher, individualmente, um tema dentro do nosso departamento que pudéssemos realizar melhorias significativas, seja de custo, redução de tempo de processo, entre outros aspectos. Desenvolvi um projeto baseado na formação de instrutores internos para os treinamentos que a Honda oferece e meu papel foi importante desde a escolha do tema, passando pelo gerenciamento das etapas e trilhas de capacitação, contato com os colaboradores internos e gestores até a implantação e apresentação para a alta gestão da empresa. A Honda me proporcionou a experiência de possuir um projeto com as minhas características, onde tive a exposição e visibilidade necessária dentro da empresa.

 

  1. Qual é o maior ganho que você espera ter com essa experiência? Qual foi o seu maior ganho até o momento?

Levarei esta experiência para o resto da minha vida. Espero aperfeiçoar os meus conhecimentos e me tornar uma profissional mais completa. Até o momento ganhei amigos especiais, a confiança de pessoas que acreditaram no meu potencial, projetos os quais tive o prazer de participar e ensinamentos cruciais para o meu desenvolvimento.

 

  1. Em poucas palavras, como você descreve a cultura da Honda e qual o aspecto que você mais gosta dessa cultura?

A cultura da Honda é bem interessante. Por ser uma empresa japonesa, é de extrema importância que exista o consenso por todas as partes para a tomada de decisão, fazendo com que as decisões aconteçam de maneira mais planejada. A filosofia em si da empresa é única, o que eu mais gosto é que há a igualdade entre os indivíduos que a compõem, desde a alta gestão ao chão de fábrica, os colaboradores possuem voz ativa e fácil comunicação entre os níveis hierárquicos.

 

  1. Por ser uma empresa global, você tem algum tipo de interação com outros países/culturas?

Sim, possuo contato com expatriados de outros países, principalmente japoneses. A utilização da língua inglesa nesta comunicação é essencial, pude realizar conversas e apresentações em outro idioma, auxilio no gerenciamento de um programa cultural internacional por meio do qual passei a conhecer mais profundamente outras culturas e métodos de trabalhos.

 

  1. Descreva o Programa de Estágio Honda em 3 palavras. Explique o motivo de cada uma.

Desafio: Prepare-se para ser desafiado todos os dias, ser exposto a diversas situações e pessoas, crescer profissionalmente e pessoalmente.
Iniciativa: Dê o primeiro passo, apresente suas ideias, realize.
Aprendizado: Esteja aberto para ouvir e aprender tudo o que as pessoas tem para ensinar, o aprendizado faz parte do nosso cotidiano e nos proporciona realização e sucesso.

 

  1. Você tem alguma dica para quem quer participar do Programa de Estágio desse ano?

Se for o que você deseja, acredite! Nosso lema na Honda é dar voz aos sonhos e realizá-los. Seja você mesmo, mostre sua essência, iniciativa e criatividade. Estude sobre a empresa, conheça nossos propósitos e identifique-se. Tranquilidade e perseverança também são importantes ao longo do processo.

 

Ficou interessado? Fique atento às redes sociais para saber mais sobre as oportunidades de estágio na Honda.

 

*Imagem: Arquivo pessoal.