Como é ser trainee em uma empresa de consultoria?

Conheça o dia a dia da Julia Guarnieri, trainee da KPMG

por webmaster 2.448 views0

f4652

O Ligado na Facul teve a oportunidade de conversar com a Julia Guarnieri, trainee da KPMG e participante do KPMG International Case Competition (KICC) e descobrir como foi sua experiência em uma empresa na área de consultoria. Quer saber o que esperar do Programa? Já adiantamos que os candidatos podem esperar uma rotina diferente de todas as outras, com novos desafios e passagem por diversas áreas da empresa sendo alguns dos pontos que destacamos.

 

Venha conhecer a história da Julia e também aproveite para descobrir as dicas de alguém que chegou lá! O KPMG |KICC 2015 recebe inscrições até o dia 5 de janeiro, acesse o site para mais informações.

 

Ligado na Facul: Por que você escolheu a KPMG para ser trainee?

 

Julia Guarnieri: Escolhi participar do Programa de Trainee da KPMG, pois como estou no início da minha carreira profissional, meu desejo era estar em uma empresa com grande participação e reconhecimento no mercado nacional e internacional, visando crescer e me desenvolver dentro dela, com um plano de carreira estruturado e que me permitisse atuar com grandes profissionais, para poder aprender e superar cada desafio que surgir ao longo do caminho.

 

LF: Como você enxerga o papel dos trainees da KPMG na consolidação da missão da empresa?

 

JG: Por estarem saindo da faculdade e/ou serem recém-formados, os trainees entram com todo o gás e dispostos a doarem o sangue pela empresa, com muita disposição e conhecimento acadêmico que serão depositados nos projetos. Além do mais os trainees vão sendo moldados e treinados de acordo com os padrões da empresa para ajuda – lá a colocar a sua missão em prática, de forma a levá-la empresa a crescer e se desenvolver cada vez mais.

 

LF: Quais são os diferenciais que você apontaria do programa de Trainee da KPMG? O que os candidatos podem esperar?

 

JG: No Trainee da KPMG, especialmente quem for participar do KICC, deve se esperar o inesperável, pois o programa é cheio de surpresas e nos leva a vivenciar grandes oportunidades. É um programa que te permite vivenciar um pouco da vida de um consultor antes mesmo de você ingressar na empresa, te leva a superar desafios, a conhecer os sócios, a como trabalhar em equipe e a aprender muito antes de colocar a “mão na massa” de verdade, além do mais você pode concorrer a uma viagem e participar de uma competição internacional. Para quem quer vivenciar uma experiência inesquecível essa sem dúvida é a chance. É sem dúvida um programa diferenciado!

 

LF: Como é a sua rotina de trabalho na KPMG hoje?

 

JG: Na KPMG o legal é que dificilmente chegamos a ter uma rotina, pois estamos sempre em projetos e clientes diferentes, nem sempre sabemos o dia de amanhã, porém, em qualquer atividade que você se envolver o objetivo será sempre o mesmo: o alcance de resultados e comprometimento. Atualmente meu trabalho é muito desafiador e envolve muito a comunicação com o cliente. Ainda que sou trainee, há muitas entregas a serem feitas e muitos desafios ao longo do projeto. O mais bacana é que conheço diversas áreas e atuo com profissionais dos mais variados cargos.

Veja também:  Entrevista com o estagiário: saiba como é trabalhar na Honda

 

LF: Qual mudança significativa em você mesmo consegue identificar depois de se tornar um Trainee da KPMG?

 

JG: Posso dizer que aprendi muito e adquiri muitas informações em pouco tempo. A mais valiosa foi que acima de tudo é preciso ter força de vontade, confiança em si próprio e caráter. Aprendi a me adaptar em diferentes ambientes e com diversas pessoas, a ampliar minha análise crítica e desenvolvi muito a minha comunicação.

 

LF: Quais são as suas expectativas em relação ao seu futuro na KPMG?

 

JG: Como a KPMG é uma empresa que atua e é reconhecida no mundo inteiro, assim como tem um alto dinamismo na sua forma de trabalho, é possível atuar em diversos projetos e passar por diversas áreas estando numa única empresa. Conforme for me aprimorando e desenvolvendo minhas habilidades, acredito que conseguirei estruturar minha carreira e com muita dedicação e esforço quem sabe garantir um alto cargo dentro da empresa.

 

LF: Que dicas de preparação você daria para os candidatos que estão prestes a encarar o processo seletivo?

 

JG: Acredito que o maior segredo é saber ser você mesmo, pode parecer clichê, mas nesses processos de trainee, as empresas estão em busca dos melhores e mais preparados candidatos, os que mais possuem o perfil parecido e se alinham com os valores da mesma. Por isso é importante estudar e buscar maiores informações da empresa para ver se realmente seus ideais se alinham. No fim, é só manter a calma.

 

LF: Para terminar, deixe uma mensagem para os seus futuros colegas que querem fazer parte da KPMG.

 

JG: Quando me candidatei para o KICC pouco sabia o que iria vivenciar ao participar da competição internacional, nem cheguei a imaginar que seria uma das melhores experiências que eu vivi até agora e que levarei para o resto da minha vida. Definitivamente o KICC me fez sentir uma mistura de sentimentos que não sei se podem ser entendidos juntos, como alegria, ansiedade, nervosismo, agitação, empolgação entre muitos outros que nos acompanharam nessa jornada.

 

Desde o treinamento até a semana de competição em São Paulo foi um grande processo de aprendizagem, trocas de valores e conhecimentos entre estudantes e representantes da KPMG do mundo inteiro. Para finalizar ainda teve uma viagem ao Chile! Minha aventura como trainee dentro da KPMG estava apenas só começando.

 

Minha recomendação é: se vocês acreditam que os seus valores são os mesmos que o da KPMG, estão dispostos a darem o melhor de si, a enfrentar desafios e demonstrarem muita força de vontade e empenho, venha você também fazer parte deste time!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>