Bolsas de estudo para estudar alemão na Alemanha

Com inscrições até o dia 15 de agosto, as bolsas são de 2850 euros e cobrem o mês de estudo

por Mariana Lourenço 2.242 views0

Bolsas de estudo para estudar alemão na Alemanha

Para todos aqueles que querem aperfeiçoar o alemão, uma boa notícia! O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) abriu as inscrições para o programa Winterkurs. Com duração de 4 a 6 semanas, o estudante terá aulas de língua e cultura alemãs.

Com inscrições abertas até o dia 15 de agosto, o programa tem início em janeiro de 2017 e vai até a metade de fevereiro. As aulas serão ministradas em uma das 7 universidades nas quais o DAAD tem parceria: Universidades de Düsseldorf, Berlim, Duisburg/Essen, Freiburg, Kassel, Köln e Leipzig.

A bolsa tem valor de 2850 euros, cobrindo os custos de passagem aérea, alojamento, alimentação e taxas do curso. Além disso, o seguro de saúde também é custeado pelo DAAD. Apesar de toda a ajuda financeira, o Serviço recomenda que o estudante leve entre 500 e 800 euros para gastos pessoais e de passeios.

Para participar, é necessário preencher alguns pré-requisitos: ter nacionalidade brasileira ou residência permanente no Brasil; estar matriculado em alguma instituição de ensino brasileira (podendo ser desde graduação até doutorado); ter rendimento acadêmico com média igual ou acima de 8,0; apresentar certificado do teste OnDaF, com nível mínimo B1 (equivalente ao intermediário).

Veja também:  Harvard promove palestra sobre MBA

O curso será ministrado em alemão e, ao chegarem, os estudantes terão os seus conhecimentos da língua avaliados. Então, serão divididos em grupos de níveis de proficiência diferentes.

Além das aulas da língua, o estudante também poderá participar de passeios culturais, palestras e seminários, com objetivo de conhecer a cultura e a sociedade alemã. Ao final do curso, os alunos aprovados no exame final receberão um certificado.

Para se inscrever, o interessado deve enviar: formulário de inscrição em duas vias; currículo em alemão; carta de motivação escrita em alemão ou inglês; certificado do teste OnDaF; comprovante de matrícula; histórico escolar da graduação (com média das notas); e carta de recomendação de um professor da instituição de ensino.

O resultado será divulgado no final de novembro de 2016. Para mais informações, acesse o site oficial do programa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>